GESTÃO DE ATIVOS

Alcançar a excelência na gestão de ativos é fundamental para aumentar o retorno sobre o investimento em empresas ativo-intensivas ou que dependem dos ativos para estabelecer seu negócio como as empresas de energia, água e indústrias de transformação.


O sucesso destas empresas depende da administração de seus ativos, de modo que suas instalações e equipamentos forneçam de forma confiável, valor para a realização do plano de negócios de modo consistente durante toda a vida das suas operações. Segundo a série de normas ISO 55000, a Gestão de Ativos marca o início de uma nova era na administração de empresas, algo a ser praticado por quem busca excelência nos negócios. 


A Gestão de Ativos não se limita a gerir infraestrutura ou equipamentos, mas transcende a barreira dos limites operacionais para influenciar as estratégias do negócio, sua prática em conformidade com as normas garante um padrão internacional de gestão, de forma a obter o equilíbrio do desempenho, dos custos envolvidos e dos riscos associados.

A Gestão de ativos coordena as atividades financeiras, operacionais, de manutenção, de risco e outras atividades relacionadas aos negócios de uma organização para obter mais valor através de seus ativos. 


A prática da Gestão de Ativos implica numa reflexão inicial sobre o posicionamento da empresa no mercado, sobre seus objetivos em longo prazo e sobre as expectativas e necessidades das partes interessadas e como estas interagem com o negócio da empresa.


Neste aspecto, a gestão de ativos é o processo que determinará a aquisição, o uso e a alienação de ativos para se obter os melhores benefícios de seu desempenho, gerindo os riscos e custos relacionados ao longo do ciclo de vida.

Saber o momento certo de investir nos ativos pode ser a diferença entre obter um ótimo desempenho técnico-financeiro ou causar danos irreparáveis, desde a imagem perante os clientes até grandes perdas financeiras.

CICLO.png

O QUE É GESTÃO DE ATIVOS?

"A Gestão de Ativos transforma a intenção estratégica em realização."

Engª Marisa Zampolli

POR ONDE COMEÇAR?

Existem grandes oportunidades para obter todo o potencial da gestão de ativos em aprimorar a operação, reduzir custos, gerenciar melhor os riscos e atender as metas corporativas. Mas primeiramente, a “excelência em gestão de ativos “ deve ser prioridade da alta direção para que a tomada de decisão mais eficaz seja sustentada pelas melhores análises para  planejar, prever e otimizar o desempenho de forma cíclica. 

Folder-Impressao-V02-2.png

PRÊMIO NACIONAL DE GESTÃO DE ATIVOS

 BRAZILIAN ASSET MANAGEMENT AWARD 

Inscrições Abertas 2022

Open for submission 2022

 
 

9º EGAESE
ENCONTRO DE GESTÃO DE ATIVOS 
DO SETOR ELÉTRICO

logo_geral copy.png

O EGAESE tem como objetivo apresentar e discutir as atuais práticas de gestão de ativos para empresas do setor elétrico, as tendências e os desafios para o segmento para os próximos anos.

O evento, realizado há 8 anos, reúne cerca de 100 especialistas e executivos das empresas brasileiras de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica, especialistas internacionais e representantes de órgãos reguladores do Brasil e do exterior para promover o compartilhamento de conhecimento e práticas adotadas em gestão de ativos para o setor elétrico. 

Com grande reconhecimento pela mídia e pelo setor, o evento destaca-se pela liderança nas discussões sobre ganhos em eficiência administrativa, a partir da gestão eficiente de ativos. 

REALIZAÇÃO 

E empresas parceiras

LOGO_APROVADO_MM_SOLUCOES.jpg
 
 

2º PRÊMIO NACIONAL DE GESTÃO DE ATIVOS 

ENGENHEIRO AMAURI REIGADO 

O Prêmio Nacional de Gestão de Ativos Engenheiro Amauri Reigado reconhece, anualmente, as melhores práticas em Gestão de Ativos aplicadas ao setor elétrico brasileiro.  Podem se inscrever ações realizadas em empresas concessionárias epermissionárias do setor elétrico que praticam os conceitos de Gestão de Ativos em seu cotidiano, nas categorias: 

Tecnologia e Inovação                   Atividades de ciclo de vida
Gestao Estratégica                         Assuntos Regulatórios        

Foto_Amauri_Reigado.jpg

 ENGENHEIRO AMAURI REIGADO 

REGULAMENTO

Brochure reduzida.jpg
Brochure 2022.jpg
 

PRÊMIO NACIONAL DE GESTÃO DE ATIVOS ENGENHEIRO AMAURI REIGADO 

O Prêmio Nacional de Gestão de Ativos Engenheiro Amauri Reigado reconhece, anualmente, as melhores práticas em Gestão de Ativos aplicadas ao setor elétrico brasileiro.  Podem se inscrever ações realizadas em empresas concessionárias e permissionárias do setor elétrico que praticam os conceitos de Gestão de Ativos em seu cotidiano, nas categorias: 

• TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - sistemas de monitoramento, softwares, ferramentas e equipamentos, processos de inovação, projetos de aprimoramento, implantação de novas tecnologias ou novas metodologias.                  

ATIVIDADES DE CICLO DE VIDA - processos de especificação, projeto, aquisição, operação, manutenção, lCC, gestão de riscos, gestão de mudanças, descarte, reciclagem, análises críticas, critérios de aquisição, substituição e descarte de equipamentos, análise de vida remanescente, estimativas e projeções.


 GESTÃO ESTRATÉGICA - envolvimento da alta direção, indicadores e medição de resultados, análises críticas, planos estratégicos, planejamento, gestão de riscos, projeções, gestão de recursos, gestão de pessoas, análise de impactos.

                        

IMPACTOS REGULATÓRIOS como a gestão de ativos pode apoiar a regulação e o mercado de energia do país, resultados de indicadores técnicos obtidos pela gestão dos ativos.

logo_final_premio copy.png
Foto_Amauri_Reigado.jpg

“Nascido na cidade de Avaré-SP no ano de 1956 e mineiro de coração e alma, o menino Amauri Reigado Costa de Oliveira era o primogênito de uma família de 04 filhos e sempre se destacou por sua dedicação aos estudos. O ano de 1982 foi um marco em sua vida profissional e pessoal ao se mudar para Minas Gerais e iniciar o curso de Pós-graduação no Curso de Engenharia de Sistemas Elétricos (CESE) da Universidade Federal de Itajubá e posteriormente o Mestrado em Engenharia Elétrica pela mesma Universidade.

Em 2007, Engº Amauri participou do programa de Liderança em 

O HOMENAGEADO: ENGENHEIRO AMAURI REIGADO 

Gestão representando a CEMIG (Companhia Elétrica de Minas Gerais) e veio a assumir a Superintendência de Manutenção da Distribuição no ano de 2010. Neste período, teve início seu envolvimento com a Gestão de Ativos, quando investiu recursos e apoiou a equipe no entendimento e disseminação do tema e na mudança de paradigmas que o assunto requeria. O reconhecimento deste esforço ocorreu com a pesquisa realizada pelo ICA/Procobre entre diversas empresas do país sobre o nível de entendimento conceitual em Gestão de Ativos, onde a Cemig-D foi o principal destaque positivo.

Em 2007, Engº Amauri participou do programa de Liderança em Gestão representando a CEMIG (Companhia Elétrica de Minas Gerais) e veio a assumir a Superintendência de Manutenção da Distribuição no ano de 2010. Neste período, teve início seu envolvimento com a Gestão de Ativos, quando investiu recursos e apoiou a equipe no entendimento e disseminação do tema e na mudança de paradigmas que o assunto requeria. O reconhecimento deste esforço ocorreu com a pesquisa realizada pelo ICA/Procobre entre diversas empresas do país sobre o nível de entendimento conceitual em Gestão de Ativos, onde a Cemig-D foi o principal destaque positivo.

 

Em 2011, convidado pela Engª Marisa Zampolli, participou da reunião nomeada como reunião dos “Dez Sonhadores”, que uniu lideres de empresas como CEMIG, AES Tietê, Eletropaulo e Elektro para debater como os conceitos de gestão de ativos seriam disseminados no setor elétrico brasileiro.

 

Em 2012, foi designado para coordenar as iniciativas estratégicas da distribuição e, um ano depois, na condição de Superintendente de Suprimentos, Amauri foi encarregado da implantação do importante projeto “Operador Logístico” na Cemig, permanecendo até 2014 nessa empresa em que se dedicou por 29 anos.

O Engº Amauri nos deixou presencialmente em maio de 2014, quando ainda planejávamos o 1º EGAESE, mas seus ensinamentos e seus exemplos permaneceram.

As melhores práticas em Gestão de Ativos serão reconhecidas pela 5ª edição do Prêmio Nacional de Gestão de Ativos Engenheiro Amauri Reigado que anunciará os seus vencedores durante o 9º EGAESE – Encontro de Gestão de Ativos para Empresas do Setor Elétrico, evento que será realizado em novembro de 2022.

Poderão se inscrever empresas concessionárias e permissionárias do setor elétrico que praticam os conceitos de Gestão de Ativos em seu cotidiano, sendo também permitida a inscrição de funcionários diretos ou contratados de tais empresas.

 

INSCRIÇÕES: As inscrições estarão abertas no período de 28 de abril de 2022 até às 23:59 do dia 31 de maio de 2022.. 

 
 
 

Brazilian Asset Management Award

Energia Sustentável
 

FALE CONOSCO